sexta-feira, 23 de maio de 2014

Resenha - Em chamas - Suzanne Collins



Informações do livro:

Editora: Rocco.
Autor: Suzanne Collins.
Páginas: 413.
Título original: Catching fire.


Sinopse:


Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Mini resumo (sem spoilers):

Katniss e Peeta estão vivendo sua vida nova na vila dos vitoriosos. Katniss continua a caçar, para passar o tempo. Ela acha que tudo pode voltar ao normal, mas não pode. Katniss tinha achado que poderia voltar a caçar e falar com Gale normalmente, mas antes da turnê dos vitoriosos, ela recebe a visita de uma pessoa, que não se convenceu de sua encenação com Peeta na arena e para o bem e todos terá que convencer.


Resenha:

Eu li esse livro a primeira vez foi no começo desse ano, não fiz a resenha, reli e demorei para fazer a resenha. Agora, finalmente vou fazer a resenha.

Esse livro para mim foi o pior dos três, mais foi a melhor arena. A autora consegue novamente escrever cruelmente a continuação. Uma coisa que eu gostei foram as surpresas que estiveram muito presentes no decorrer da leitura.

Na minha opinião o ponto forte do livro f
oram os personagens. A autora criou personagens brilhantes nesse segundo livro, personagens mais marcantes, personagens mais legais.

A história continua com aquela chatice de Peeta ou Gale, mas deu uma evolução nessa história que me fez gostar mais do Peeta. 

O livro valeu apena ter sido aberto por causa de três: Personagens, História e a Arena da septuagésima quinta e o terceiro massacre quaternário dos Jogos Vorazes!

O livro deve realmente ser lido, é um livro fantástico, mas não o melhor da trilogia.

Natan.